logo Br
DESAFIO - EDUCAÇÃO

DESAFIO - EDUCAÇÃO

Soluções para tornar a escola mais interessante e promover o engajamento dos estudantes

Sub Desafios:

  1. Como a tecnologia pode tornar a escola mais interessante?

    Exemplos: gamificação dos conteúdos, ter aulas em outros espaços além da sala de aula tradicional, como por exemplo o laboratório de informática, trabalho individual ou em grupo fazendo uso de tecnologia, eventos e aulas on-line dentro e fora da escola, pesquisas para entender quais conteúdos os alunos querem aprender, aprendizado interativo, atividades mais relacionadas com a vida dos alunos, entre outros.

  2. Como a tecnologia pode melhorar a gestão escolar?

    Exemplos: uso de inteligência artificial em sistemas de gestão, sistemas para apoiar o ensino híbrido e à distância, gamificação dos processos, ferramentas de micro learning, treinamento tecnológico para professores, soluções para fomentar uma maior participação dos alunos na gestão escolar, entre outros.

  3. Como a tecnologia pode promover a colaboração entre escolas, e entre as escolas e o território?

    Exemplos: escolas digitais, redes on-line para promover troca e interação entre escolas e entre as escolas e outras instituições, entre outros.

  4. Como a tecnologia pode ajudar a escola a preparar os alunos para ingressarem no mercado de trabalho em empregos dignos?

    Exemplos: oferecimento de cursos técnicos e de preparação para novas formas de trabalhar, soluções que promovam inclusão e diversidade no mercado de trabalho de tecnologia com ações voltadas para grupos minorizados, como por exemplo mulheres, negros e LGBTQIA+, soluções voltadas para quem trabalha ou pode vir a trabalhar através de plataformas tipo marketplace (entregas por aplicativo, por exemplo), entre outros.

  5. Outras soluções que você acredite que se encaixem para resolver este desafio
Saiba mais sobre o contexto do desafio:

A escola é o espaço da aprendizagem. Assim como a família, ela tem uma grande importância na formação, principalmente das crianças e adolescentes. A escola possibilita através da convivência uns com os outros uma troca de conhecimento, um amadurecimento intelectual e amistoso, contribuindo para o convívio social. Mas ultimamente a escola tem sofrido com o abandono escolar, principalmente pós-pandemia. Os motivos são variados, mas uma pesquisa realizada com jovens de 15 a 17 que deixaram a escola, mostrou que 40% deles desistiram por puro desinteresse. Outros 27% abandonaram porque precisam trabalhar e só 11% deixaram as salas de aula por falta de oferta. A ansiedade dos jovens é por entrar o mais rápido possível no mercado profissional. A maioria deseja encontrar um emprego antes de terminar o ensino médio e consideram que o modelo de ensino oferecido pelas escolas não corresponde a essas expectativas e, por isso, muitos estudantes optam por parar de estudar para poderem trabalhar.

A falta de atualização e estrutura nas escolas também são alguns dos motivos da falta de motivação e engajamento dos estudantes. O que precisa ser feito para as escolas voltarem a ser um ambiente de interesse dos alunos? Como usar a tecnologia para fazer com que os alunos retomem o interesse pela escola, passando a considerá-la um lugar onde podem ampliar seus horizontes pessoais e se prepararem para a entrada no mercado de trabalho? E, como os alunos podem ser parte ativa na transformação das escolas? As ideias que surgirem neste desafio devem potencializar novos tipos de conteúdos, práticas e de relações entre professores e estudantes, com o objetivo de oferecer novos modelos de educação e experiências de empregabilidade que ajudem a agregar valor na jornada dos alunos.

Mais informações:
https://www.unicef.org/brazil/relatorios/cenario-da-exclusao-escolar-no-brasil